Notícias

Albaugh divulga empresas juniores contratadas para estudo de viabilidade econômica

Albaugh divulga empresas juniores contratadas para estudo de viabilidade econômica

Depois de dois meses do lançamento do programa que premia os melhores projetos de levantamento de custos de produção, englobando uma cesta de defensivos genéricos em comparação à uma cesta de defensivos de "especialidades", visando a rentabilidade e a produtividade com a utilização de cada cesta, a Albaugh Brasil divulga e parabeniza os dois projetos vencedores, escolhidos por uma banca examinadora.  

Um dos selecionados é o projeto da empresa júnior da UNESP - Faculdade de Ciências Agrárias e Tecnológicas (FCAT) de Dracena (SP), intitulado: "Projeto para comparação de custos de produção agrícola".

O projeto propõe um levantamento do uso de defensivos nas plantações de café das cidades de Garça e Dracena, interior de São Paulo. Para isso, utiliza o contato com técnicos que atuam na área, obtendo uma lista de cafeicultores do EDR (Escritório de Desenvolvimento Rural) de Garça, Dracena e municípios próximos.

Os dados coletados serão posteriormente tabulados para identificar os custos de produção com a utilização de defensivos genéricos e de especialidades..

Para levantamento dos dados de campo, o modelo proposto para coleta de dados é do Instituto Brasileiro do Café (IBC), e está sendo atualizado pela empresa júnior, com a colaboração de docentes da área e contatos com pesquisadores do Instituto de Economia Agrícola (IEA), de São Paulo. 

Também foi escolhido o projeto da empresa júnior AgroJR, ligada à Universidade Federal de Viçosa - MG (Campus Rio Paranaíba - Instituto de Ciências Agrárias), e foi intitulado: "A substituição do uso de defensivos agrícolas tradicionais por defensivos agrícolas genéricos na região do Alto Paranaíba - MG". 

O objetivo é avaliar o grau de satisfação dos produtores de grãos da região, quanto à substituição de defensivos agrícolas patenteados por defensivos agrícolas genéricos, e caracterizar os produtores agrícolas que participarão desse estudo.

Ao final, a pesquisa quer dar sua contribuição no processo de decisão dos produtores, com o comparativo de investimento em defensivos agrícolas, utilizados na produção de grãos nesta região.