albaugh

Notícias

Albaugh Brasil seleciona empresas juniores para projeto sobre custos de produção


Data: 01/02/2017


Objetivo é comparar os gastos com defensivos genéricos e especialidades

A Albaugh Brasil abriu propostas para projetos de viabilidade econômica a serem realizados por empresas juniores dos cursos de agronomia, economia e administração. O objetivo é comparar os custos de produção agrícola utilizando defensivos genéricos e especialidades. Os projetos devem levantar a rentabilidade e a produtividade das culturas avaliadas com a utilização de cada cesta de insumos. “Queremos movimentar as universidades na busca de melhores opções para os produtores”, explica o Diretor de Marketing da Albaugh Brasil, Leandro Ponchio.

As culturas, pragas e doenças e área plantada avaliadas ficam a critério de cada empresa júnior, dando preferência para as lavouras encontradas nas regiões das universidades.

Na proposta deverá constar:

•    Cultura e área avaliadas;
•    Período de coleta de dados;
•    Metodologia;
•    Prazo de execução;
•    Investimento

A Albaugh Brasil vai escolher cinco projetos para a contratação, com base nas propostas enviadas. Os interessados podem entrar em contato pelo e-mail comunica@albaughbrasil.com.br até o dia 10 de fevereiro e receberão o convite para um evento de apresentação do projeto.

Albaugh

A Albaugh é uma empresa norte-americana, fundada em 1979, que produz defensivos agrícolas pós-patente e tratamento de sementes. Nos últimos anos, a empresa teve uma expansão considerável no mundo e hoje tem operações no Brasil, Argentina, México, Canadá, China e Europa, além dos EUA. Atualmente, ocupa o 13º lugar em faturamento no mundo entre as empresas de agroquímicos.

No Brasil, a companhia possui uma fábrica em Resende (RJ), que tem capacidade para produzir 10 mil t/ano de fungicidas cúpricos e conta com produção de herbicidas de última geração, totalmente automatizada, com capacidade de 54 milhões de litros/ano de herbicidas seletivos e não seletivos. A planta tem 16 mil m² e está recebendo investimentos para elevar sua capacidade produtiva. Além disso, tem um escritório central em São Paulo (SP).

A empresa comercializa no País cerca de 20 produtos entre fungicidas/bactericidas, inseticidas, acaricidas, herbicidas e reguladores de crescimento.

Maria Catarina Mazzitello
Estagiária de Comunicação